NOVENA DE SANTA TERESA JESUS – 2022. 4. dia

NOVENA DE SANTA TERESA JESUS – 2022. 4. dia

NOVENA DE SANTA TERESA DE JESUS – ANO 2022.

(Dentro do IV Centenário da Canonização de Santa Teresa de Jesus)

(De 06 a 14 de outubro de 2022)

Tema: «Tão perto O temos no Sacramento» (V 22, 6)

Oração inicial: (Todos os dias)

– Sinal da Cruz.

– Vinde Espírito Santo.

– Salve-Rainha.

A Eucaristia “é o coração e o cume da vida da Igreja, porque nela Cristo associa a sua Igreja e todos os seus membros ao seu sacrifício de louvor e de ação de graças, oferecido ao Pai uma vez por todas na cruz”. (CEC 1407). «O Pai deu-nos o Filho “para sempre”, isto é, para a eternidade. No “Pai nosso” pedimos ao Pai o pão da Eucaristia para o “hoje” da vida temporal. É o Pai quem nos dá o corpo e o sangue de Jesus, como Pão que sustenta a vida dos homens, alimento que marca a continuidade entre a nossa vida no tempo e na eternidade. Para Santa Teresa a Eucaristia é o maná da humanidade, sustento da história dos homens e sua temporalidade. “Se não é por nossa culpa, não morreremos de fome” (CV 34, 2). Nunca ousaremos pedir ao Pai que retire do mundo o seu santíssimo pão: “Que seria de nós?” (CV 35, 4). Na Eucaristia, pedimos ao Pai o maná da humanidade. (CV 36, 10). Apresentemos ao Pai nossas intenções, rezando e meditando com Santa Teresa em suas experiências eucarísticas, deixando-nos contagiar e abrasar por esta profunda escola eucarística, a fim de que possamos assumir o nosso batismo e nossa vocação com maior solicitude para melhor servi-Lo.

Intenções: (…………………..)

Oremos.

Deus todo poderoso que abrasastes o coração de Santa Teresa nossa Mãe, fortalecendo-a a assumir árduas tarefas em prol do vosso nome; fazei-nos por sua intercessão, sentir intimamente a força do vosso amor, o qual nos leve a trabalhar para vós com generosidade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo vosso Filho, na Unidade do Espírito Santo. Amém.

4º Dia – A Eucaristia é o coração da Igreja”

Meditando com Santa Teresa:

«A Eucaristia é o coração da Igreja. Teresa está convencida de que os acontecimentos da história – como os vaivéns da barca de Genesaré – a Igreja corre o risco de se afundar e perecer (CV 35, 5), mas se algo a salva é ter em si mesma por prenda a Cristo na Eucaristia. Aí surge uma das mais patéticas orações de Teresa: “Pai Eterno…, olhai que ainda está no mundo o vosso Filho… Suplicar-vos que não esteja conosco não vo-lo ousamos pedir: que seria de nós?, pois se algo vos aplaca é ter aqui tal prenda” (CV 35, 4). Quer dizer, para Teresa, nos bens e nos males, o mistério da Igreja reside na presença de Cristo nela. Presença que tem o seu eixo central na Eucaristia». A Eucaristia é a nossa ação de graças à Trindade: «Celebrando a Eucaristia na qual “se torna presente o triunfo e a vitória da sua morte”, e dando graças “a Deus pelo seu dom inefável” (2 Co 9, 15) em Cristo Jesus “para louvor da Sua glória” (Ef 1, 12), pela virtude do Espírito Santo». Na missa prestamos culto à Santíssima Trindade: «Existe uma íntima ligação entre este altíssimo mistério e o Santo Sacrifício, que foi instituído conforme o decreto das Três Divinas Pessoas, serve para a sua glória e abre a porta para a participação da torrente eterna da vida trinitária». São João, o discípulo a quem Jesus amava e que penetrou de modo tão extraordinário nos segredos do seu coração, apresenta a Eucaristia como o dom e a prova suprema do amor aos seus discípulos (Jo 13, 1). Teresa estava convencida que o lugar mais apropriado para encontrar o Senhor e a Trindade é o altar e o sacrário – o Santíssimo Sacramento –, manifestações do «grande amor» do Pai e do Filho. Por isso, reza, com assombro, na Eucaristia, o sacramento do amor, ao Pai Eterno e roga por Cristo.

Meditando com a Igreja:

Pedro e João foram enviados para fazer os preparativos para comer aquela Páscoa, mas, na verdade, toda a criação, toda a história– que finalmente estava prestes a se revelar como a história da salvação – foi uma enorme preparação para isso. João, Pedro e os outros estão presentes naquela mesa, inconscientes e ainda assim necessários. Necessário porque todo dom, para ser dom, deve ter alguém disposto a recebê-lo. Neste caso, a desproporção entre a imensidão do dom e a pequenez de quem o recebe é infinita, e não pode deixar de nos surpreender. No entanto, pela misericórdia do Senhor, o dom é confiado aos Apóstolos para que seja levado a cada homem e mulher”. (PP Francisco. Desideri Desideravi, 3, 2022)

Oração:

Na Eucaristia a presença misteriosa de Cristo no Sacramento é a plataforma mais excelente para praticar todas as modalidades da oração: adorar, pedir, dar graças…, e especialmente para se unir a Cristo e orar com Ele e por Ele ao Pai, pela Igreja (CV 34).

Oh! valha-me Deus! que grande amor do Filho, e que grande amor o do Pai! Ainda não me espanto tanto do bom Jesus, porque como já tinha dito “fiat voluntas tua”, tinha-o de cumprir como quem é. Sim, que não é como nós, pois, como a conhece, cumpre-a amando-nos como a Si, e assim, andava a buscar como cumprir este mandamento com maior cumprimento, embora fosse à Sua custa”. (CV 33, 2-5)

 

Propósito pessoal eucarístico: (….)

Rezemos: Pai Nosso. Ave-Maria. Glória ao Pai… Amém.

Santa Teresa de Jesus, rogai por nós!

Oração final:



* * * * * * * * * * * * * *

Oração final: (Todos os dias)

LADAINHA DE SANTA TERESA DE JESUS

Senhor, tende piedade de nós!
Jesus Cristo, tende piedade de nós!
Senhor, tende piedade de nós!
Jesus Cristo, ouvi-nos!
Jesus Cristo, atendei-nos!
Deus Pai do Céu, tende piedade de nós!
Deus Filho Redentor do Mundo, tende piedade de nós!
Deus Espírito Santo, tende piedade de nós!
Santíssima Trindade que sois um só Deus, tende piedade de nós!

Nossa Senhora do Monte Carmelo.
Rogai por nós!
Glorioso São José, Patrono de Carmelo, Rogai por nós!

Santa Madre Teresa de Jesus. Rogai por nós!
Mãe fundadora do Carmelo Descalço,
Grande Doutora da Igreja,

Mestra de Vida Espiritual,

Mestra do Caminho de Perfeição,

Mestra do Castelo Interior,

Esposa espiritual de Cristo,

Virgem prudente e fiel,

Santa da alta contemplação,
Testemunha do mistério cristão,

Verdadeira Filha da Igreja,
Modelo dos Descalços,

Modelo de Fundadora,

Modelo de Santidade,

Glória da cidade de Ávila,
Martelo dos Hereges,
Coração transpassado pelo Amor,
Nossa Mãe e protetora no Céu,

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo.

Perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo.

Ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo.

Tende piedade de nós.

V/. Rogai por nós, Santa Madre Teresa de Jesus,

R/. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

SANTA TERESA DE JESUS,

Rogai por nós!

Estela da Paz, OCDS.

Comissão de História.

Comissão de Espiritualidade. 

 

Referências:

REIS. Manuel Reis, OCD. Santa Teresa de Jesus… e a Eucaristia.

Carta Apostólica DESIDERIO DESIDERAVI, 29/06/2022 – PP. Francisco.

Post a Comment