Evangelho orado – São Vicente de Paulo, presbítero e fundador

Evangelho orado – São Vicente de Paulo, presbítero e fundador

27 de Setembro de 2022
Terça – Feira da XXVI Semana do Tempo Comum
São Vicente de Paulo, presbítero e fundador
Memória obrigatória
Texto Orante: Centro de Iniciativas de Pastoral de Espiritualidade
CIPE

Motivação

Faça-se consciente deste momento de sua vida, aqui e agora. Deus vive em você e você vive em Deus. Pode deixar tudo em suas mãos e abandonar-se n’Ele.
Olhe seu interior e, se não está em paz, reconcilie-se consigo mesmo, com Deus, com aqueles acontecimentos que lhe perturbam, com o entorno. Recupere a atenção interior tão derramada para fora.
Bendiga e agradeça a Deus, que quer comunicar-se contigo. Una-se a toda a criação, à comunidade cristã. Entre nessa corrente de vida que percorre o universo. Alegre-se que Deus seja tudo em todos pelo amor.

Evangelho de São Lucas 9,51-56

Estava chegando o tempo de Jesus ser levado para o céu. Então ele tomou a firme decisão de partir para Jerusalém e enviou mensageiros à sua frente. Estes puseram-se a caminho e entraram num povoado de samaritanos para preparar hospedagem para Jesus. Mas os samaritanos não o receberam, pois Jesus dava a impressão de que ia a Jerusalém. Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: “Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para
destruí-los?” 55Jesus, porém, voltou-se e repreendeu-os. E partiram para outro povoado.

Comentário Orante

Jesus, o Servo do Amor, está decidido a ir a Jerusalém, onde lhe espera a cruz. Quer que o Plano do Pai se cumpra plenamente n’Ele, através de sua Páscoa.
Aprenda de Jesus, que no caminho encontra hostilidade e rechaço por parte de uns e expectativas de um messianismo espetacular e poderoso por parte de outros. Sua atitude é sempre de misericórdia e não destruição.

Palavra dos Místicos

Diz a Beata Maria Felícia, Chiquitunga, em uma carta a um amigo:

«É necessário que, como nunca, se prepare e se esforce para receber, como até agora, todas as coisas vindas da Providência; só faz falta muita, muita confiança no Senhor, e uma fé vívida e palpitante. Estão chegando os dias ásperos para todos; mas há que superar-se, fechar os olhos do corpo e abrir mais e mais os da alma; e tudo seja por Deus, por sua glória e a salvação das almas».

(Carta a Sauá, Assunção, 16 de junho de 1953)

Oração

Cura-me, Senhor,
com teu olhar.
Só assim poderei perdoar
com meu olhar.
Quero ir contigo, Jesus.
Faça-me instrumento de tua paz.
Que onde haja discórdia
eu semeie o amor.
CIPE

Tradução livre do App Evangelio Orado oferecido por Carmelitas Descalços Província Ibérica

 

 

Tradução e montagem: Ciça de São João da Cruz, OCDS

Referência:
• – Imagens disponíveis na WEB

Post a Comment